8.5.06

Sabias que...

Na década de 1950, a Europa encontra-se à beira do abismo pois apesar de já se terem passado cinco anos do final da II Guerra Mundial (1939-1945), os antigos adversários estavam longe da reconciliação e a ameaça de um conflito entre eles passa a ser ponderada.

Somente um esforço colectivo e uma forte vontade de superar os conflitos do passado e preparar o futuro tornou possível que, entre inimigos tão recentes, se criassem condições para a construção de um destino comum: a Paz.

Em 9 de Maio de 1950, Robert Schuman apresentou uma proposta de criação de uma Europa organizada, requisito indispensável para a manutenção de relações pacíficas.


"A paz mundial não poderá ser salvaguardada sem uma criatividade à medida dos perigos que a ameaçam (...) Através da colocação em comum de produções de base e da instituição de uma Alta Autoridade nova, cujas decisões ligarão a França, a Alemanha e os países que a ela aderirem, esta proposta constituirá a primeira base concreta de uma federação europeia, indispensável à preservação da paz".

Esta proposta, conhecida como "Declaração Schuman", é considerada o começo da criação do que é hoje a União Europeia.

(Declaração Schuman na íntegra em http://europa.eu.int/abc/symbols/9-may/decl_pt.htm).

3.5.06

Numa sexta-feira de Março, estava mais feliz que nunca pois era o dia do acantonamento, em Caminha.

Numa sexta-feira de Março, estava mais feliz que nunca pois era o dia do acantonamento, em Caminha.

A viagem foi feita de comboio e o tempo não estava muito convidativo para passeios ao ar livre. Quando chegámos a Caminha, apressadamente dirigimo-nos para a escola onde íamos pernoitar. Pousamos as nossas mochilas e fomos brincar para o Polivalente.

Chegada a hora do almoço, fomos para o refeitório onde almoçamos muito bem, e ainda bem, pois a próxima actividade era de Educação Física.

Nessa actividade, tivemos oportunidade de experimentar escala, praticar futebol, basquetebol e badmington. Ainda tivemos uma actividade que consistia em saltarmos num trampolim, subir ao espaldar, andar por cima de bancos suecos. Foram actividades muito dinâmicas e divertidas!

No final desta actividade de Educação Física, fomos passar as nossas mochilas para as salas onde íamos ficar a dormir. Abrimos os sacos-cama e fomos tomar banho. Quando chegou a hora de jantar, dirigimo-nos para o refeitório para jantar. Gostei muito da comida!

A noite Foi também foi bem passada e divertida. Fizemos karaoke e jogamos a dois jogos muito giros. Foi muito giro!

Seguidamente, fomos andando para as salas para dormir.

No dia seguinte, fizemos um peddy-paper por Caminha. O prémio foi recebido na Biblioteca Municipal.

Foi muito divertido, pois convivemos muito!

Quando regressamos a casa, estávamos cansados mas alegres porque passámos dois dias muito felizes!


Trabalho realizado por:

Beatriz de Miguel Silva e de Miguel

5º B

As minhas férias da Páscoa

Começaram as férias! Eu, a minha irmã e os meus pais decidimos viajar.

No dia cinco de Abril, viajámos até aos Pirenéus (Espanha). A viagem foi longa e demorou cerca de doze horas, ou seja, mais ou menos mil quilómetros.

Quando chegámos a Benasque, tivemos uma grande surpresa: quase todos os montes estavam cobertos de neve. E, ainda melhor, as pistas de Ski estavam abertas.

De seguida, fomos instalar-nos numa casa com muito boa apresentação.

No dia seguinte, fomos fazer uma marcha… que se tornou numa aventura no meio de tantos perigos. Foi difícil atravessar alguns obstáculos ou porque era muito a subir ou porque era muito a descer ou porque a neve estava muito mole e nós enterrávamo-nos até ao pescoço. Enfim, foi uma grande aventura!

Quando chegámos a casa, quase mortos de cansaço, eu, a sortuda de sempre, enchi uma banheira de água e… aaaaaaaaaaaaai que bom. Dava para adormecer lá dentro.

No dia seguinte, foi muito diferente. Eu e o meu pai fomos para as pistas de Ski e a minha mãe e a minha irmã foram passear. Quando chegámos, começámos por fazer as pistas verdes (o que era demasiado fácil para mim), depois nas azuis e finalmente nas vermelhas. Ficámos lá até as fecharem. Já em casa, dormimos para, depois, irmos às compras, coisa que me agradou muito.

No dia seguinte, fomos fazer outra marcha também com muitas aventuras (a que eu mais gostei, claro). Nesta marcha, vi uma coisa que nunca tinha visto de tão perto: uma cascata de água gelada. Na marcha, observei que existiam umas flores muito engraçadas que comem moscas. Naquele dia, vi coisas que nunca tinha apreciado daquela maneira.

Gostava muito que vocês, meus colegas, vissem aquelas paisagens do paraíso.

Nos outros dias, vivi muitas mais aventuras. Mas chegou o dia de partir! Por um lado, estava triste mas, por outro, estava felicíssima por voltar a casa.

Estas férias foram fantásticas!

Carolina Sá, 5º A

© 2005 Externato Maria Auxiliadora | Av. S. João Bosco, 365 | 4900 - 896 Areosa – Viana do Castelo