8.5.06

Sabias que...

Na década de 1950, a Europa encontra-se à beira do abismo pois apesar de já se terem passado cinco anos do final da II Guerra Mundial (1939-1945), os antigos adversários estavam longe da reconciliação e a ameaça de um conflito entre eles passa a ser ponderada.

Somente um esforço colectivo e uma forte vontade de superar os conflitos do passado e preparar o futuro tornou possível que, entre inimigos tão recentes, se criassem condições para a construção de um destino comum: a Paz.

Em 9 de Maio de 1950, Robert Schuman apresentou uma proposta de criação de uma Europa organizada, requisito indispensável para a manutenção de relações pacíficas.


"A paz mundial não poderá ser salvaguardada sem uma criatividade à medida dos perigos que a ameaçam (...) Através da colocação em comum de produções de base e da instituição de uma Alta Autoridade nova, cujas decisões ligarão a França, a Alemanha e os países que a ela aderirem, esta proposta constituirá a primeira base concreta de uma federação europeia, indispensável à preservação da paz".

Esta proposta, conhecida como "Declaração Schuman", é considerada o começo da criação do que é hoje a União Europeia.

(Declaração Schuman na íntegra em http://europa.eu.int/abc/symbols/9-may/decl_pt.htm).

© 2005 Externato Maria Auxiliadora | Av. S. João Bosco, 365 | 4900 - 896 Areosa – Viana do Castelo